WHAT'S NEW?
Loading...

Planeamento de férias - Parte II

Comecei-vos a falar, aqui pelo blogue, de como planeamos as nossas férias. Quais os primeiros passos até que começamos, de facto, a marcar a viagem. Pois bem, como sempre digo em qualquer post de organização e planeamento, isto é o que funciona connosco, não significa que irá funcionar também com vocês mas, é uma forma de se inspirarem e com a prática encontram o método que melhor se adapta ao vosso caso.

Hoje vou falar-vos apenas das ferramentas que usamos para planear as nossas férias. Existem muitas por essa internet, mas estas são aquelas que estão nos nossos favoritos e as que sempre consultamos. Algumas até já vos falei no primeiro artigo sobre o tema férias (Planeamento de férias - Parte I)

Tripadvisor

Já vos falei dele no outro artigo. Costumo utilizar o Tripadvisor para saber mais sobre a experiência de outros viajantes naquele hotel. A opinião verídica é muito importante e no Tripadvisor encontramos os comentários e as fotos dos utilizadores. Mas para além das opiniões sobre os hotéis/restaurantes, o Tripadvisor mostra-nos os locais que os utilizadores visitaram naquela cidade e é uma excelente ajuda para fazermos um roteiro.

Trivago

Dizem ser o maior comparador de preços de hotéis do mundo. Não sei se é ou não, mas sei que é uma ferramenta muito útil. Podemos pesquisar por cidade ou concretamente o hotel que procuramos. O Trivago mostra-nos todos os preços disponíveis para aquele hotel, naquelas datas e a nós resta-nos escolher a oferta que queremos. No Trivago não fazemos reservas, somos automaticamente reencaminhados para o site que escolhemos e nele sim, faremos a reserva. 
O site compara preços de mais de 700 000 hotéis em mais de 200 sites de reserva, incluindo o Booking.


Quase sempre fazemos as nossas reservas por aqui. Sinceramente confio no Booking quase de olhos fechados. Faço a pesquisa pela cidade que quero, com as datas pretendidas e depois tem imensos filtros que muitas vezes nos ajuda a encontrar algo dentro das nossas exigências e orçamento, muito mais depressa. Procuro quase sempre o cancelamento gratuito, principalmente quando marcamos as viagens com tantos meses de antecedência. Sei que vou pagar um pouco mais mas fico descansada, porque se por algum motivo tivermos de cancelar, o nosso dinheiro é todo devolvido (atender que tem sempre data limite para o cancelamento gratuito). O Booking também disponibiliza um espaço para os utilizadores avaliarem e comentarem o que acharam do hotel. Bastante importante para sabermos a opinião dos outros utilizadores mas, as fotos são todas elas da gerência do hotel, por este motivo consultamos sempre o Tripadvisor. 
Agora, quando confirmamos a reserva do hotel, o Booking até fornece um guia da cidade, com os locais a não perder, restaurantes e algumas dicas. Bastante interessante e útil.
Nunca precisamos de utilizar o apoio a cliente, pois sempre correu tudo bem. Por isso não podemos dar a nossa opinião sobre essa parte do serviço. 


Até agora era o site que utilizávamos para pesquisar os nossos voos. 
O Skyscanner agrega todas as viagens e dá a conhecer quais as melhores oportunidades. O site funciona como o Trivago mas neste caso para voos. O Skyscanner tem acesso à base de dados de mais de 600 companhias aéreas de todo o mundo. Tem até um serviço de alerta, ou seja, colocamos as datas e o destino e pedimos para nos avisar por email quando houver uma alteração de valor daqueles voos. Assim quando o preços desce (ou sobe) o Skyscanner avisa-nos disso. 
É um site muito interessante.


Este ano usamos pela primeira vez o Momondo (após ver tantas vezes a publicidade na tv, decidimos experimentar), o que é certo é que me conquistou e consegui voos mais baratos do que pelo Skyscanner (os de ida). Funciona exactamente da mesma forma do anterior, não tem nada que enganar. Seleccionamos o dia, local de partida, destino e o site mostra-nos os voos, do mais barato para o mais caro. E tem também um cantinho onde mostra o preço estimado para umas duas semanas, assim temos logo uma ideia se há algum dia próximo ao que pesquisamos, com um preço mais acessível. Depois de seleccionar o voo que pretendemos, somos reencaminhados para o site onde iremos terminar a compra. O Momondo não vende voos, apenas agrega preços. 


Para quem não é fã de hotéis mas mesmo assim quer ir de férias, o Airbnb é o site ideal. Através dele podem encontrar casa ou quarto para alugar em mais de 34 mil cidades por todo o mundo. 
Ideal para quem tem um orçamento mais pequeno e quer optar por gastar menos em alojamento. Encontram-se muitas casas em localizações privilegiadas.
É um site muito fácil de usar, bastante intuitivo. 

Estas são as ferramentas que utilizamos mas sabemos que há muitas mais. Se vocês têm outras indiquem-nas nos comentários. Desde já, obrigado e boas viagens! :)

0 comentários:

Enviar um comentário