terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Vamos então à segunda (e última) parte da nossa visita a Viena. Estes artigos são apenas de fotos com pequenas descrições daquilo que fizem...

DEIXEI O MEU CORAÇÃO EM VIENA - Parte 2

1 comentário:
 
Vamos então à segunda (e última) parte da nossa visita a Viena. Estes artigos são apenas de fotos com pequenas descrições daquilo que fizemos/vimos na cidade, depois farei outros mais concretos (sobre hotel, comida, transportes, etc).
Nós ficamos 3 noites em Viena mas apenas aproveitamos 2 dias completos. Ou seja, chegamos num dia já a meio da tarde (exaustos da viagem de comboio) e fomos directos para o nosso hotel que ficava fora do centro da cidade. Mas já vos falei do dia da chegada e do primeiro dia completo AQUI, vão lá ver tudinho. 

No segundo dia completo (e último) após o pequeno almoço apanhamos novamente o metro, mas desta vez não fomos para o centro da cidade. O nosso destino estava decidido e seria o Palácio Schonbrunn. 
Apesar de ficar fora do centro, consegue-se ir de metro até bem pertinho do palácio. Depois, uma pequena caminhada e chegamos.
É imponente e deixa qualquer um de boca aberta. Tanto eu como o Bruno amamos, vale muito a pena a deslocação.
A entrada nos jardins é gratuita, mas para visitar o palácio, o zoo e o museu dos coches paga-se (não sei valores). Honestamente, na minha opinião, só a visita aos jardins vale muito a pena. Ficamos lá quase a manha toda.

Palácio Schonbrunn
Palácio Schonbrunn
Fonte de Neptuno



A vista do alto da colina


Gloriette 

Fonte de Neptuno

De regresso ao centro da cidade passamos pelo Naschmarkt, para quem gosta de mercados é de visita obrigatória. Como estávamos na hora de almoço, decidimos comprar alguns petiscos e almoçar num jardim bem perto, o Resselpark. 

Banca onde compramos uns deliciosos apfel strudel.

Naschmarkt

Naschmarkt

Naschmarkt

A caminho do jardim passamos pela Secession onde apenas paramos para tirar fotos.

Secession
Aproveitamos o almoço para descansar, ali mesmo com a natureza.
O jardim fica ao lado da Karlskirche - Igreja de S. Carlos Borromeo, uma igreja muito bonita.

Karlskirche
De lá caminhamos até ao Palácio Belvedere, onde mais uma vez não visitamos os museus mas aproveitamos muito dos jardins que são magníficos. Incrível como esta cidade tem tantos espaços verdes e todos de acesso gratuito. Locais tão bem cuidados e lindos de morrer. Estivemos um bom tempo a apreciar o jardim, as pessoas que por lá andavam, tiramos imensas fotos e sentamos a descansar pois a caminhada já tinha sido grande. 
Este palácio é engraçado porque é constituído por dois palácios, o Baixo Belvedere e o Alto Belvedere. Os dois estão ligados por um belíssimo jardim.
Jardins do Palácio Belvedere

Alto Belvedere ao fundo

Uma das muitas fontes

Alto Belvedere
Baixo Belvedere

Os jardins e o Alto Belvedere ao fundo
Faltava-nos pouco tempo para regressar ao hotel mas ainda conseguimos visitar o Stadtpark, conhecido pelos seus monumentos a compositores e artistas de Viena. Este jardim tem ainda alguns quiosques onde aproveitamos para comprar algumas recordações.



Talvez a estátua mais fotografada de todas - Johann Strauss

Franz Schubert
Desta forma chegou ao fim a nossa visita, regressamos ao hotel para descansar de onde saímos apenas para jantar. No dia seguinte, após o pequeno almoço, fomos directos para a estação de comboios de formar a viajarmos para Budapeste.

Viena é uma cidade magnífica, que eu amei e onde deixei o meu coração.
Espero que tenham gostado deste resumo da cidade.

1 comentário:

  1. Muito bom ;) Por acaso tb escrevi um artigo sobre Viena ( https://www.lowcost.com.pt/europa/austria/viena/ ) mas sem duvida que nada melhor que um testemunho em primeira mão de quem la esteve é muito melhor .....

    ResponderEliminar