quarta-feira, 6 de junho de 2018

A primeira vez que experimentamos viajar de comboio, para assim conseguiurmos ligar várias cidades, foi em 2014. Fomos a Itália e resolvemo...

VIAJAR DE COMBOIO PELA EUROPA

Sem comentários:
 
A primeira vez que experimentamos viajar de comboio, para assim conseguiurmos ligar várias cidades, foi em 2014. Fomos a Itália e resolvemos conhecer 3 cidades, Milão, Florença e Roma, e nada melhor do que fazer as viagens de ligação de comboio.

Tenho a dizer que fizemos as duas viagens de TGV e foi incrível! Os comboios são muito bons, confortáveis, com preços acessíveis e as viagens passaram muito bem.

Repetimos a experiência de viagem combinada no ano passado, quando fizemos Praga, Viena e Budapeste. Aqui, apesar dos comboios não serem TGV e notar-se uma certa diferença para os italianos, mesmo assim as viagens foram óptimas, descansadas, sem stress e eu repetia de certeza.

Cada vez olho mais para um país e penso que podíamos aproveitar para conhecer várias cidades, fazendo a ligação de... comboio! 

Este ano vamos repetir, regressamos a Itália e, novamente, vamos conhecer várias cidades e repetir apenas uma em relação à viagem de 2014. Mas isto não é o importante, mais para a frente irei falar-vos sobre tudo, agora o que importa é falar-vos das maravilhas das viagens de comboio.



Bilhetes - Comprar com antecedência ou não?

Pela experiência que tenho, da Itália e da Europa central, as viagens não exigem uma reserva. É, por isso, fácil vocês acordarem e decidirem que querem visitar uma nova cidade. Basta chegar à estação antes do comboio partir, comprar um bilhete e subir a bordo!

Dito isto, vou falar-vos da nossa experiência em plena época turística (final de Julho, início de Agosto), os comboios podem encher muito facilmente, porque cada vez mais pessoas optam pelas viagens combinadas, e os bilhetes de última hora podem ser caros.

Nessas duas viagens, e posso desde já dizer-vos que este ano será igual, compramos os bilhetes online e partimos para a nossa viagem com tudo comprado e marcado. Só tivemos de chegar à estação um pouquinho antes do comboio sair e ocupar os nossos lugares. 

Então o meu conselho é, façam a reserva online. Procurem o site da companhia nacional do país em questão,verifiquem os horários dos comboios on-line e reservem as viagens com antecedência.

Diferenças para o avião

As viagens de avião podem ser mais rápidas, mas com elas vêm outras situações que nos comboios não se verificam. As longas filas de segurança, espaços apertados, taxas de bagagem, são situações que acontecem que nos comboio não acontecem.

Normalmente os comboios são bastante pontuais (nas nossas viagens não tivemos qualquer problema, partiram sempre no horário). Não existe controlo de bagagem e, por isso mesmo, não há restrições de líquidos e é perfeitamente aceitável levar comida a bordo. Nós costumamos levar sempre uns snacks, principalmente se forem muitas horas como de Viena para Budapeste!

Qual é o seu comboio e a plataforma de embarque?

Tal como nos cartões de embarque dos voos, também os bilhetes de comboio tem a informação para que se possam localizar e entrar no comboio correcto. Nele vocês vão encontrar a plataforma de onde parte o vosso comboio, bem como o número do mesmo, o número da carruagem e o lugar que lhe está destinado. 

Nas estações existem ecrãs com o número do comboio e o horário, onde também aparece a informação caso haja algum atraso ou qualquer outro problema, tal e qual como nos aeroportos. 

Mas se mesmo assim não tiverem certeza, normalmente há sempre alguém e/ou um balcão de informações pronto a ajudar.

Validar o seu bilhete

Nos voos somos obrigados a fazer o check-in e, em alguns países, somos obrigados a validar os bilhetes de comboio. Não são todos, por acaso não me recordo se em Itália tínhamos de o fazer (julgo que não), mas na viagem Praga-Viena e Viena-Budapeste não era necessário. 

Seja como for informem-se disto e se estiverem obrigados a fazer a validação, não se esqueçam! Se forem apanhados com os bilhetes por validar estão sujeitos a coima (tal como acontece cá em Portugal no metro). 
Existem máquinas nas estações, geralmente localizadas junto às plataformas de embarque. 

Tanto eu como o Bruno adoramos viajar de comboio. Regra geral é muito divertido e fácil! Apenas precisam de algum planeamento e depois é só embarcar e aproveitar o passeio!

Sem comentários:

Enviar um comentário